Acusada de mandar matar marido em Araçuaí, será interrogada outra vez

Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

 

Ana Flávia será novamente interrogada nesta terça-feira (19) em Araçuaí.

Segundo a Delegada Regional de Pedra Azul, Maria Aparecida Mota Martins, a mulher ainda não confessou o crime.

Agende de Saúde em Araçuaí, Ana Flávia Dias é suspeita de mandar matar o marido Jacson dos Santos durante uma emboscada.

Ana teria simulado um suposto roubo da moto que ele pilotava.

O crime ocorreu na tarde de domingo (03/05), logo depois de passar o dia na casa de sua mãe na zona rural da cidade, juntamente com seu marido.

Retornando para Araçuaí, Ana Flávia teria pedido para que Jacson parasse a moto em um determinado ponto, para que a mesma pudesse urinar.

Ana informou aos policiais que  após entrar  no matagal , escutou o barulho forte de uma outra moto, em seguida alguém dizer ao seu marido para entregar a moto.

Assustada, ela não saiu do matagal, logo em seguida ao anúncio ela ouviu um tiro e o marido gritando.

Neste momento, ela fugiu rumo à BR- 367 em busca de socorro.

A moto não chegou a ser levada.

 

O depoimento anterior não foi convincente

 

O depoimento de Ana Flávia não convenceu as autoridades, e na tarde do domingo (17/05) ela foi presa pela Polícia Militar em Araçuaí.

Após ser presa ela foi levada para a Delegacia Regional de Pedra Azul, onde pernoitou no presídio daquela cidade.

Na manhã desta segunda-feira (18) ela foi levada para o presídio Carlos Vitoriano em Araçuaí,  onde deverá cumprir prisão temporária, enquanto seguem as  investigações sobre o crime.

No local, também está preso desde sexta-feira (15) Uadson Nunes, 19 anos, suspeito de ser amante da agente de saúde e executor do crime.

Ele foi preso pela Polícia Militar em frente ao Fórum da Comarca de Araçuaí.

De acordo com a delegada Maria Aparecida, os dois ainda não confessaram o crime. “ Ela (Ana Flávia) entrou em contradição várias vezes,  ao narrar os fatos do dia do crime. Todos os indícios indicam que ela e o outro elemento que está preso estejam envolvidos.

Vamos cumprir novas diligências e ouvir mais pessoas”, afirmou  a delegada.

Ela disse ainda que estava tomando conhecimento pela imprensa que o provável motivo do crime seria o fato de Ana Flávia estar grávida do amante,  e que o marido não poderia saber já que é estéril. ” Não temos conhecimento desse fato”, garante a delegada.

 


Fonte: Polícia Militar / Gazeta de Araçuaí

 

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Portal VDL - Politica de Privacidade - MSS Empreendimentos - Virgem da Lapa