investors loan, money loans in houston, emergency cash loan direct lenders

Segundo DNIT, BR-367 terá asfalto concluído até o início de 2014

Em dias de chuva, o trajeto fica mais perigoso.

O projeto de pavimentação do trecho da BR-367 entre Minas Novas e Virgem da Lapa, no Vale do Jequitinhonha, será concluído até o início de 2014. É o que informou o supervisor do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) José Carlos Ribeiro, em audiência pública da Comissão de Transporte, Comunicação e Obras Públicas da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) realizada em Berilo nesta quinta-feira (8/8/13).
Durante muito tempo, os moradores do Vale do Jequitinhonha vêm lutando para asfaltar todo seu percurso, mas ainda restam apenas 121,3 km para pavimentar, nos dois trechos de Minas Novas-Chapada do Norte-Berilo-Virgem da Lapa e Almenara-Jacinto-Salto da Divisa-Itagirimim (BA).
A BR 367 é uma rodovia federal que corta todo o Vale do Jequitinhonha, de Diamantina, até Porto Seguro, no sul da Bahia, com 733 km de extensão.
De 1987 até 2011, a rodovia federal esteve sob responsabilidade do DER – MG.

O Governo Federal já liberou muito dinheiro para asfaltar o trecho que ainda resta. Por mais de duas décadas, a rodovia federal ficou sob responsabilidade do Governo de Minas. De julho de 2002 até julho de 2005, foram liberados R$ 59,5 milhões do Governo Federal para o DER – Departamento de Estradas e Rodagens de Minas Gerais, com o objetivo de asfaltar o que ainda restava de estrada chão e substituir pontes de madeira.
Porém, o convênio nº 479.166/2002 foi concluído. O DER MG prestou contas, terminando a vigência em 31.012.2008, durante o Governo Aécio Neves.

Os prefeitos de Berilo, Araçuaí e Virgem da Lapa, Higor Coelho, Armando Paixão e Harley Oliveira, respectivamente, fizeram coro aos argumentos a favor da pavimentação da rodovia e se mostraram desapontados com o fato de as obras não terem sido realizadas até hoje. “Será que é preciso ocorrer algum acidente com mortes para que providências sejam tomadas?”, indagou Higor Coelho. “Temos recursos aprovados para as obras, mas elas não saem do papel. Temos que fazer um movimento suprapartidário para o bem do Vale do Jequitinhonha”, acrescentou Harley Oliveira
De maio de 2010 a abril de 2011, O DNIT propôs ao DERMG a elaboração de um ovo projeto de engenharia dos trechos faltantes. Disponibilizou R$ 7,2 milhões para isso. O DER MG enrolou um ano e não publicou o Edital do projeto. O DNIT rompeu o acordo de cooperação técnica entre os dois órgãos.

 

 

Dnit e DER confirmam projeto de execução das obras
Tanto representante do Dnit, José Carlos Ribeiro, quanto o coordenador regional do DER-MG, Marco Antônio de Lima, garantiram que o projeto de execução das obras de pavimentação da BR-367 estará pronto no mais tardar até o início de 2014. “Contratamos uma empresa de consultoria em maio para realizar o projeto. O prazo para sua conclusão é de aproximadamente um ano”, explicou José Carlos Ribeiro. O supervisor do Dnit também informou que as obras serão realizadas com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento do Governo Federal (PAC) e que o órgão já assinou convênio com o Exército para a prestação de serviços de manutenção no trecho de estrada de terra enquanto as obras não se iniciam.

Marco Antônio de Lima fez questão de frisar que compreende a apreensão da população em relação à BR-367, uma via problemática devido à sua localização e composição, segundo o coordenador do DER-MG. “Esta é uma das rodovias mais difíceis de se conservar no País, pois apresenta muitas rampas, solo desgastado, seco e com falta de cascalho”, resumiu.

Requerimentos – Após a audiência pública, os deputados apresentaram oito requerimentos relativos ao tema da reunião. Eles pretendem que sejam encaminhados ofícios ao Dnit e ao DER-MG solicitando informações sobre o projeto de Contratos de Restauração e Manutenção da Malha Rodoviária Federal (Crema) II; os motivos da construção de pontes provisórias no trecho entre Salto da Divisa e Jacinto; o cronograma de execução e a prestação de contas relativos ao convênio firmado entre o Dnit e o DER-MG em 2002; e o projeto executivo para o asfaltamento dos trechos de estrada de terra da BR-367.

Os parlamentares também solicitaram que seja inserido no projeto executivo do lote 1 da referida rodovia as pontes e os trechos não asfaltados entre Jequitinhonha e Jacinto; que o trecho do lote 1 passe o mais perto possível do perímetro urbano de Salto da Divisa; que sejam aceleradas as providências necessárias para o processo licitatório de pavimentação da BR-367 no trecho entre Minas Novas e Virgem da Lapa; e que as notas taquigráficas da audiência sejam encaminhadas ao ministro dos Transportes, ao presidente da Comissão de Viação e Transportes da Câmara dos Deputados e para o superintendente do Dnit Álvaro Campos de Carvalho, bem como aos deputados estaduais, federais e senadores mineiros, à Secretaria de Estado de Transportes e Obras Públicas, ao governador Antônio Anastasia e à presidente Dilma Rousseff.

Fontes: ALMG/DNIT/WEB

 

 

Facebook Twitter Google+ linkedin email More
Copyright © Portal VDL – Sempre com você! - Notícias
Restrito MSS Empreendimentos